Blog - Arquivos de Tag: ballet classico

Calendário de Inverno do BalletAdultoKR® – Venha se aquecer com a arte do ballet!

Já programou seu inverno?! Que tal sair das cobertas, e transformar seu sonho em realidade?! A primeira escola de ballet clássico para adultos da America Latina tem a honra de apresentar seu calendário de inverno com grande mestres! Nossa maestra Natalia Zentchemkova vai para a Russia e retorna em agosto com as energias renovadas e […]

O tempo e a arte do ballet clássico.

Recebo muito e-mail perguntando em quanto tempo a pessoa conseguirá, abrir um espacate, girar piruetas, ter um balance perfeito, dançar uma variação, subir nas pontas… Não existe resposta se não existir muito treino, e esse tempo será relativo a tantos fatores… Ser magra, longelínea, esforçada apenas não adianta. As bailarinas do Bolshoi treinam durante anos […]

Um pouquinho de mim por Mia Lopes!

  Estou um pouco ansiosa. Pouco pode ser considerado diminutivo, rs. Vamos dançar no Festival Dança Paraty, como conjunto clássico profissional (por causa da idade de nossas bailarinas nõa podemos nos inscrever como amadores, a idade limite para amadores é 18 anos,rs)… Ou seja adulto que começa ou faz ballet não é amador mesmo! Alunas […]

Sou bailarina.

Criança, adolescente, adulto, idoso. Tem idade para ser bailarina?! Não, não tem idade para ser bailarina. “Ser bailarina” é muito mais do que abrir um grand ecart a 180 graus, ou mesmo ser flexivel e alongado. É muito mais do que ter eixo (facilidade para giros) e ser magra. É muito mais do que andar […]

“Será que ainda da tempo?!” – dúvidas e mais dúvidas!!!

Todos os dias eu recebo um e-mail ou um telefonema, ou ainda uma pergunta direta na conversa com meus alunos(as) que contem a frase: “será que ainda dá tempo?” “será que vou conseguir?” “será?!”… Daí me recorre que essa pergunta quando relacionada ao ballet ela é retórica em relação a um certo “TEMPO PERDIDO”. Como […]

“We all have to start somewhere” – Todos nós temos que começar de algum lugar…

Boa tarde Bailarinas e Bailarinos! Quem já frequentou minha aula sabe o quanto procuro preservar a minha autenticidade, em ser eu mesma, e para muitos até espontânea demais. Como tempo a gente vem lapidando, como todos, e crescendo e modificando. POrém recebo cada aluna(o) como uma mulher, como um homem. Ou seja não é apenas […]